PELOS OLHOS DE ELAINE, campanha visa ajudar tratamento de adolescente com rara doença na visão

0
87

Exibindo Elaine foto matéria.jpgA adolescente E.S.de … anos, residente em São Miguel do Guaporé foi pré-diagnosticada pelo oftalmologista Rafael Cardos de Porto Velho, como portadora de “visão subnormal em ambos os olhos devido à distrofia retiniana hereditária (provável Stargardt)”. O médico recomendou que a adolescente fosse submetida à “avaliação com especialista em genética ocular, em São Paulo”.

 

Essa avaliação é necessária para confirmar o pré-diagnóstico e, a partir daí, definir as possibilidades de tratamento e uma avaliação mais aprofundada da extensão da doença e sua provável evolução nos próximos anos. As pessoas afetadas pela Doença de Stargardt sofrem de sensibilidade a luz forte. A visão é afetada principalmente no centro do campo de visão. O doente enxerga como se visse uma bola de fumaça escura na frente da imagem, ou seja, vê uma mancha no centro da imagem.

 

A doença de Stargardt é uma forma de degeneração juvenil congênita, que causa a perda progressiva da visão. A diminuição da visão central é uma característica da doença de Stargardt, sendo que a visão lateral geralmente é preservada. Esta patologia se desenvolve normalmente durante a infância e adolescência e, também, causa a diminuição na percepção das cores.

 

A progressão dos sintomas da doença de Stargardt é variável, sendo que a capacidade visual de distinguir detalhes e formas pode diminuir lentamente no início, acelerar e depois se estabilizar. O tratamento da doença atualmente só pode ser feito com medicamentos, os quais agem desacelerando a perda de visão; pois essa doença da visão não é corrigível com óculos de grau, lentes de contato ou cirurgia. Os pesquisadores estão realizando estudos clínicos com um tratamento que prevê uma versão saudável do gene ABC4 nas células da retina, o que possibilitará uma cura para a doença Stargardt.

 

O portador da doença de Stargardt tem dificuldades de realizar tarefas como ler, assistir  televisão e identificar as expressões das pessoas. Para conseguir pagar as despesas com o deslocamento e, principalmente, com os exames necessários em São Paulo, familiares, amigos e a comunidade Luterana de São Miguel estão realizando uma campanha junto à população para arrecadar os recursos necessários. A ajuda, com qualquer valor, poderá ser através de depósito no:

 

Banco do Brasil
Conta – 11.971-7
Agência – 2292-6
CPF – 485.795.992-53

 

Ajuda, também, através da página no Facebook “PELOS OLHOS DE ELAINE”: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/pelos-olhos-de-elaine

 

Facebook Comments