OPORTUNIDADES – Rondônia representará o Brasil na Expoalimentaria, feira de negócios da América Latina realizada no Peru

0
194

Uma comitiva, formada por cinco empresários rondonienses, a chefe de cozinha Cléo Ressetti e representantes da Superintendência de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Suder), participará no final deste mês da Expoalimentaria, plataforma de negócios internacionais na América Latina. Segundo organizadores, Rondônia será o único estado brasileiro com stand no evento.

A feira que acontece em Lima, capital do Peru, reúne compradores dos cinco continentes e será uma oportunidade de fortalecer a projeção de Rondônia para mercados internacionais. ‘‘Vamos poder celebrar e ampliar os negócios entre Rondônia e empresários peruanos’’, afirma o superintendente de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Suder), Basílio Leandro de Oliveira.

A Missão Rondônia – Peru Expoalimentaria é organizada pelo governo de Rondônia que estará pela primeira vez com stand nesta que é uma das maiores feiras da América Latina. ‘‘Somos o único estado a representar o Brasil nessa feira e está confirmada a participação do ministro [da Agricultura, Pecuária e Abastecimento] Blairo Maggi para abertura do nosso stand a convite do Peru’’, revela a gerente de Fomento do Comércio Exterior da Suder, Alisangela Lima.

A gerente explica ainda que no dia 26 de setembro a Suder fará um coquetel de boas-vindas aos empresários rondonienses na Embaixada do Brasil no Peru. ‘‘Também vamos aproveitar para fazer o lançamento da Rondônia Rural Show 2018 [Feira de tecnologias do agronegócio], com a presença do embaixador do Brasil no Peru Marcos Raposo’’, destaca Alisangela.

Dos dias 27 a 29, Rondônia mostrará o potencial da cadeia produtiva de alimentos na feira. Os empresários participarão de rodada de negócios e a chefe de cozinha Cléo Ressetti prepará porções do pescado de Rondônia para degustação dos visitantes.

Os produtos de Rondônia que estarão em exposição na Expoalimentaria em stand de 50 metros quadrados são pescado de água doce, carne bovina, castanha do Brasil, arroz e milho. Setores que foram escolhidos conforme o próprio interesse dos empresários peruanos.

Produção de Rondônia será exposta pela primeira vez em feira realizada no Peru

Para o consultor de negócio da Rical, Juliano Sevilha, essa será uma oportunidade para fazer contatos, promoção de vendas, participar de rodadas de negócio e tirar dúvidas dos consumidores. A Rical tem como sócio proprietário Pedro Rack Filho e é uma indústria de beneficiamento do arroz localizada em Ji-Paraná que gera 320 empregos no Estado. ‘‘Rondônia ira fazer história’’, destaca o consultor entusiasmado com a participação da Expoalimentaria.

Segundo a diretora administrativa da Zaltana Pescados, Luciana Aguiar, a participação na Expoalimentaria proporcionará não só abrir novos mercados como consolidar negócios com o país sede da feira. A empresa localizada no município de Ariquemes já exportou 58 toneladas de peixes frescos para o Peru. ‘‘Já estamos trabalhando e nos organizando para que o nosso próximo passo seja colocar no mercado peruano nossos cortes congelados. E a nossa participação na feira nos motiva para que este avanço seja alcançado ainda este ano’’, destaca Luciana.

Outro que também tem boas expectativas na Expoalimentaria é o diretor geral da Central Agrícola, Marcelo Lucas da Silva. ‘‘Abre uma nova porta para podermos buscar novos mercados. O Peru hoje, como um vizinho próximo, pode ser uma rota de escoamento de nossa produção como também de importação de minérios que o mesmo produz, em especial fosfatos que podem minimizar os custos na produção agrícola do Estado’’, afirma Marcelo. A empresa gera 85 empregos diretos.

Para o gerente comercial da Inovam Brasil, Lucas Santana, a participação na feira deve fazer os negócios internacionais avançarem. ‘‘Para nós, da Inovam, é muito importante a abertura de novos mercados e em especial essa feira no Peru vai nos possibilitar atingir os mesmos mercados que os peruanos atingem com a castanha e também nos permite verificar qual a nossa competitividade em relação a eles’’, destaca.

E completa: ‘‘queremos conhecer as inovações que a feira vai trazer, inclusive sobre embalagens, ter acesso a novos clientes, principalmente da América do Sul, entender como eles fazem exportação, o caminho logístico que utilizam, e também ter conhecimento e acesso as companhias marítimas e transportadores que fazem a logística para a Ásia’’, revela.

O gerente geral da Distriboi, Leonardo Nascimento, também espera que a Expoalimentaria proporcione a abertura de novos canais de negociação e seja uma oportunidade de explorar novos mercados. ”Nossa expectativa é de ter oportunidades de fazer novos negócios e parcerias com clientes locais”, destaca Leonardo.

Otimistas e bem articulados, os empresários que fazem parte da Comissão Rondônia- Peru terão a chance de mostrar em uma das maiores feiras da América Latina a força da produção rondoniense, que avança com sustentabilidade e surpreende pela qualidade. É Rondônia rompendo fronteiras e deixando sua marca no mundo.

Texto: Vanessa Moura
Fotos: Marcelo Gladson e Bruno Corsino
Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments