INFORMAÇÃO DE JORNALISTA DE RONDÔNIA PODE ADIAR JULGAMENTO DO DIA 24

0
2369

PORTO VELHO- Uma informação passada ao escritório do advogado de Lula, Cristiano Zanin, resultou numa ação que pode anular ou adiar o julgamento do dia 24 de janeiro em Porto Alegre. Uma Juíza determinou a penhora dos bens da OAS, numa ação movida por credores; o detalhe surpreendente é que um dos ativos penhorados é justamente o triplex que a Lava Jato atribuiu ao ex-presidente Lula e que motivou a condenação determinada pelo juiz Sergio Moro – o que será objeto de julgamento no dia 24, em Porto Alegre.

Tudo começou com esta informação de uma fonte ao jornalista Roberto Kuppê, de Rondônia, via messenger do Facebook: “Olá Kuppê Como vai? Seguinte, um amigo meu , pessoa de muitas posses aqui em BSB, veio me dizer hoje(e mostrou a decisão) onde, devido a uma vultuosa dívida que a OAS teria com ele, conseguiu penhorar 6 imóveis da empresa em Guarulhos-SP. Ocorre que um dos imóveis é o triplex objeto do processo do Presidente Lula. Ora, não bastasse o imóvel não estar em nome do Lula, agora ele está até penhorado em nome de uma terceira empresa.  Se a justiça entende que o imóvel é da OAS ao ponto de penhorá-lo em favor de um credor, a mesma justiça não poderia ter o entendimento de que ele pertence ao Presidente Lula, concorda?”.

A partir daí o jornalista Roberto Kuppê enviou a informação ao escritório de Cristiano Zanin em São Paulo que foi checada, confirmada e tomada as providências cabíveis.

Após sair a notícia no Brasil 247 e repercutida no Mais RO (VejaAQUI )., a fonte do jornalista Roberto Kuppê mandou a seguinte mensagem, na noite desta sexta-feira: “Cara, esqueci de te contar. Teve uma reunião com o Zanin, o Padilha e o Lula. Ele comentou inclusive que você havia passado a informação. Daí o Padilha me ligou e passou para o Lula falar comigo e agradecer pessoalmente, foi muito f…”.

Diante de tamanha repercussão, o jornalista Roberto Kuppê foi convidado para bater um papo com José Dirceu em Brasília.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Facebook Comments