ELEIÇÕES 2018: CONFÚCIO MOURA SERÁ O FIEL DA BALANÇA

0
527
Confúcio Moura e Jesualdo Pires: chances para o Senado em 2018

PORTO VELHO- Desgastado em nível nacional, o PMDB de Rondônia poderá não lançar candidato e apoiar o senador Acir Gurgacz (PDT) ao governo. É o que circula nos bastidores. Aliás, este era o plano inicial, era o acordo firmado em 2014.

Além dos problemas enfrentados pelo PMDB, o pretenso candidato ao governo pela sigla, o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho, não decolou. Em sendo assim, o governador de Rondônia, Confúcio Moura, que postulará uma cadeira no Senado Federal deverá manter o acordo e apoiar Acir Gurgacz, o que certamente criará uma celeuma entre peemedebistas, principalmente o senador Valdir Raupp que vê nessa manobra dificuldades para se reeleger.

Ao se confirmar esta tendência, O PMDB ofereceria a vaga de vice à chapa do PDT, lançaria dois candidatos ao Senado Federal, Confúcio e Raupp. O problema é que o PDT já tem um candidato ao Senado, aliás, já tem a quem apoiar. Seria o prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires, do PSB.

Confúcio em alta

Quem está tranquilo e faceiro é, sem dúvida, o governador. Com a moral em alta, super bem avaliado, deverá deixar o governo em abril de 2018 disputado pelas lideranças como a última Coca Cola no deserto.

Há um ano das eleições, as articulações já estão ocorrendo e muita água ainda vai volar por debaixo das pontes dos rio Madeira e Machado.

 

Facebook Comments