DEFESA CIVIL ACRIANA SOBREVOA ÁREAS ALAGADAS NA BR-364: PREOCUPANTE

0
1255
Elevação do nível do Madeira volta a preocupar. Essas imagens foram registradas, hoje, na região da antiga Vila Mutum Paraná. Este foi o primeiro trecho da BR 364 que ficou inundado em 2014 e deixou o Acre isolado via terrestre/Foto Pedro Devani


Foto Pedro Devani

 

Elevação do nível do Madeira volta a preocupar. Essas imagens foram registradas, hoje, na região da antiga Vila Mutum Paraná. Este foi o primeiro trecho da BR 364 que ficou inundado em 2014 e deixou o Acre isolado via terrestre

RIO BRANCO (AC)- A Secretaria de Comunicação do governo do Acre, Andréa Zílio, divulgou na  quinta-feira (11) imagens fotográficas da BR-364, trecho que liga Acre a Rondônia, mostrando que a lâmina d’água está se aproximando do mesmo nível da rodovia. A Defesa Civil sobrevoou hoje o rio Madeira ao longo da BR-364 que liga Rio Branco a Porto Velho.

Uma equipe da Defesa Civil Estadual e do Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC) se deslocou até Rondônia para averiguar de perto a situação das águas do Rio Madeira. Às 15 horas desta quinta-feira, o nível do manancial na região do Abunã era de 19,95 metros, um aumento de 5 centímetros nas últimas 24 horas, conforme os dados.

O senador Jorge Viana (PT-AC), comentou nas redes sociais sobre a elevação do nível do rio Madeira. “A situação se agrava muito com a subida da água do rio Madeira e a ameaça de interdição da BR 364. Já vivemos essa dramática situação em 2014, mas toda a prevenção e providência nós devemos adotar para não enfrentarmos uma situação terrível como aquela”, disse o senador.

Foto Pedro Devani

 

Fonte: Mais RO

Fotos: Pedro Devani

A imagem pode conter: 1 pessoa

Facebook Comments