CONFÚCIO MOURA PREVÊ QUE SERÁ TRAÍDO E QUE NECESSITA DE PITT BULLS PARA DEFENDÊ-LO

0
369

PORTO VELHO- O governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), é conhecido pelo sincericídio (falar a verdade quando não deveria) , mas, agora ele se superou. Prevê que o final do governo dele será acometido de ingratidão, denúncias e traições. “Quando chegar o mês de janeiro de 2018, inicia um movimento de vazamentos e denúncias, dados do governo e outras informações. Coisa que o camarada já devia ter resolvido, mas, para desmoralizar quem quer que seja, fica para o final. É o ódio acumulado. O complexo de vira-lata que fica para o final. A mesquinhez impatriótica que fica para o momento final”, disse Confúcio no blog dele.

Confúcio não acredita que o final do governo será diferente dos finais de governos anteriores e que poderá amargar a solidão de quem deixa o poder. O governador disse ainda que pré-candidatos à sucessão dele querem força-lo a fazer campanha e muitos comissionados já estão de olho em quem será o futuro governador para manter seus cargos.

O tom dramático e fatalístico de Confúcio, porém, não condiz com a realidade das pesquisas de consumo próprio que o apontam como virtual senador da República. Confúcio é um dos pouquíssimos  governadores bem avaliados do Brasil e que mantém a folha de pagamento dos servidores e dos compromissos com fornecedores em dia. O final melancólico que ele mesmo prevê pode ser um tiro no pé positivamente. (Veja abaixo).

 

 

Facebook Comments